Você está visitando o Instituto Cultural da Dinamarca no Brasil.  Explore outros lugares no mundo onde também trabalhamos. Created with Sketch.
EN/PT-BR

CineKlap

Devido ao grande destaque internacional que o cinema da Dinamarca tem ganhado nos últimos anos, principalmente pelos emblemáticos filmes de Lars von Trier, o Instituto Cultural da Dinamarca, no Rio de Janeiro, criou o projeto chamado CineKlap.

 

O CineKlap veio para apresentar e divulgar o cinema dinamarquês no Brasil. O projeto tem como objetivo organizar mostras, palestras e workshops com artistas, produtores ou executivos da 7º arte, possibilitando um intercâmbio cultural entre brasileiros e dinamarqueses.

 

Cine Joia apresenta Joias do Cinema Dinamarquês

O Instituto vem ao longo dos anos criando parcerias na área cinematográfica, já tendo realizado, junto ao Cine Joia – Rio de Janeiro (www.facebook.com/cinejoiacopa), a primeira Mostra Joias do Cinema Dinamarquês, que ocorreu em setembro de 2014, e também com a Sala P.F Gastal, de Porto Alegre, no mesmo período.

Raphael Aguinaga, o cineasta e empreendedor por trás da restauração em 2011 do antigo cinema colorido original dos anos 60, tem uma grande paixão por amostras de filmes independentes brasileiros e internacionais, mas de vez em quando ele também abre o cinema e os 87 assentos para outros tipos de eventos, o que ele também acha importante e parte de sua missão. O grande interesse pelo cinema estrangeiro de Raphael Aguinaga resultou em uma colaboração com o Instituto Cultural da Dinamarca. No ano 2017 o Instituto Cultural da Dinamarca e o Cine Joia apresenta o festival Joias do Cinema Dinamarquês pela 4a vez, com a exibição de cinco filmes de diretores do país nórdico e um da Groenlândia.

 

Além das parcerias com o Oi Futuro BH, Centro Cultural São Paulo, e recentemente com o SESC Palladium, em Belo Horizonte, onde foi realizada a Mostra O Roteiro no Cinema Dinamarquês, de 17 a 29 de março. Além de quatro unidades em São Paulo: Sesc Vila Mariana, Sesc Belenzinho Sesc Campinas e Sesc Santos, de 24 de março a 25 de abril.

 

Buster Festival no Brasil

Por ter um projeto de teatro para crianças, chamado Canal Curumim, também queremos tornar o cinema infantil dinamarquês mais acessível para o público brasileiro. O festival de cinema infantil Buster on tour no Brasil, com foco no público de 3 a 10 anos, foi realizado em janeiro e fevereiro de 2016. Foram 40 filmes, sendo 12 longas ou programas de curtas, com pelo menos duas sessões diárias no Centro Cultural Banco do Brasil em São Paulo e Brasília.

O Centro Cultural Banco do Brasil sedia de 28 de junho a 30 de julho 2017, em três cidades, a segunda edição brasileira do festival de cinema infantojuvenil Buster. Na programação estava 36 filmes entre curtas, longas-metragens e episódios para a TV, com ênfase na produção nórdica (países: Dinamarca, Suécia, Alemanha e Brasil). Todas os filmes para o público infantil são dublados ou sem diálogos (a exceção são as produções adolescentes, legendadas).

 

Ponte Nórdica:

O Instituto Cultural da Dinamarca decidiu criar um projeto novo, trazendo a cultura nórdica para os brasileiros. Resultado principal desse esforço é a mostra de filmes Ponte Nórdica, que foi realizada em 2016, entre os dias 25 de agosto a 7 de setembro, na CAIXA Belas Artes em São Paulo/SP. Apesar de estar ainda em sua primeira edição, a meta é produzir o festival anualmente, com o objetivo de levar a cultura nórdica aos brasileiros de todo o País. Uma importante parte do festival são as atividades educativas. A mostra de filmes foi acompanhada por encontros e debates com cineastas nórdicos, colocando foco nas pontes existentes entre os países que tornam seu cinema sustentável, sendo, assim, um modelo inovador para a indústria cinematográfica brasileira.

 

Para este intercâmbio, vamos trabalhar com filmes dublados em português. Isso abrirá oportunidades de participação em outros festivais infantis de cinema e também para moradores de áreas carentes.

 

 

logo-CineKlap_final_CMYK