Você está visitando o Instituto Cultural da Dinamarca no Brasil.  Explore outros lugares no mundo onde também trabalhamos. Created with Sketch.
EN/PT-BR
24 · 06 · 2016

Pontes Musicais

Compartilhando experiências e construindo novos canais de comunicação entre a Dinamarca e o Brasil.

 

Quando se trata de música, muitas vezes o Brasil e a Dinamarca representam dois lados muito diferentes do espectro musical. Mas isso significa que as influências musicais das duas nações não combinam? Se você perguntar produtor brasileiro, apresentador e músico, Maurício Pacheco, a resposta com certeza será não, combinam sim. Junto com o Instituto Cultural da Dinamarca ele criou o projeto Pontes Musicais com a finalidade de mostrar exatamente como as duas culturas combinam dentro de um universo musical.

 

Maurício Pacheco é produtor e curador deste projeto. No Brasil, Mauricio é um grande nome na indústria da música, conhecido, entre outros, como o guitarrista da Vanessa da Mata e como apresentador do programa Segue o Som do TV Brasil. Como produtor, ele é conhecido por seu trabalho em grandes festivais de música, como TIM Festival e Back2Black.
Reunindo músicos brasileiros e dinamarqueses, o objetivo do projeto é estimular mais colaborações entre artistas incríveis, verdadeiros representantes das cenas musicais locais, e abrir portas para mais colaborações e apoio mútuo entre os artistas e agentes culturais de ambos os países.

Colaborações musicais únicas

Durante os meses de junho a outubro de 2016, o Instituto Cultural da Dinamarca facilita colaborações musicais entre os artistas, onde os artistas brasileiros se encontrarão com seus colegas dinamarqueses para gravar juntos em estúdios profissionais.
O projeto Pontes musicais é composto pelos seguintes artistas:

  • Daniel Jobim (BR)
  • Russo Passapusso (BR)
  • Clara Valente (BR)
  • Jakob Bro (DK)
  • Astro Bhudda Gogo (DK)
Artista dinamarquês a definir

Uma grande parte de Pontes Musicais consiste em residências em Copenhague, Dinamarca. A primeira residência acontece em junho, onde o curador Maurício Pacheco e o Daniel Jobim viajam para Copenhague para gravar com o guitarrista dinamarquês, Jakob Bro. Além disso, o Daniel irá visitar organizações dinamarquesas e pessoas chaves na indústria da música, enquanto Mauricio entrevistará artistas dinamarqueses.
A segunda fase ocorre em agosto, em que o Jakob Bro viajará ao Brasil para gravar outro tema no estúdio e realizar uma pequena turnê com Jobim em diferentes cidades, como Rio de Janeiro (durante os Jogos Olímpicos), São Paulo e Belo Horizonte.
As demais colaborações acontecem em outubro de 2016.
Todas as gravações serão filmadas e editadas por documentarista Felipe O’Neill, que irá acompanhar Russo Passapusso e Clara para Copenhague em outubro. O resultado das colaborações serão editado em um mini-documentário e um CD com repertorio das duplas que será promovido pelo Instituto Cultural da Dinamarca e estará disponível no site.
O objetivo de Pontes Musicais é para os artistas descobrirem um contexto diferente e através de experiências compartilhadas criarem músicas novas e inspiradoras, em benefício de ambos os cenários de música brasileira e dinamarquesa. O núcleo do intercâmbio cultural é feita através da troca de experiências, a descoberta de novos lugares e sons e através de músicas.

 

fotos: Jakob Bro/Karolina Zapolska e Daniel Jobim